Quais lições podemos tirar do último memorando de Howard Marks?